Confraternização, cultura e aprendizado no Second Life

No último dia 15 de maio de 2010, das 9h30m às 12h30m, horário de Brasília, realizamos um encontro de confraternização reunindo três turmas de disciplinas de pós-graduação por mim ministradas. Participaram alunos da disciplina "Uso das novas tecnologias em cursos online" do curso de pós-graduação em design instrucional do Centro Universitário Senac de São Paulo, e de duas turmas da disciplina "PCS5757 - Tecnologias para Educação Virtual Interativa", do programa de pós-graduação em engenharia elétrica da Escola Politécnica da USP, uma de São Paulo e outra de Cuiabá (doutorado interinstitucional oferecido pela Escola Politécnica da USP na UFMT - Universidade Federal de Mato Grosso).

Foi uma experiência muito interessante, pelo grande número de participantes e pelo que pudemos aprender e vivenciar.  Para conduzir essa atividade convidei duas personalidades de destaque no Second Life: Aerdna Beaumont, que na first life é a Andrea Correa Silva, mestranda em Design no Centro Universitário Senac; e a Janjii Rugani, professora e artista Isa Seppi no mundo real, que também coordena o curso de "Bacharelado em Design-Artes Visuais" do Centro Universitário Senac de São Paulo.

A Aerdna nos recebeu na Ilha da Educação  e de lá nos levou ao seu espaço (Mato-Seco) onde nos apresentou a (e também nos presenteou com) algumas ferramentas que facilitam a atividade de um professor no ambiente do SL. Mostrou-nos por exemplo como é fácil a construção de objetos nesse ambiente e o novíssimo recurso que possibilita associarmos uma página da Web à textura de um objeto. Assim conseguimos exibir videos ou quaisquer outros conteúdos que estejam disponíveis na Web. Mostrou-nos também um projetor que pode ser carregado pelo professor, entre outras interessantes ferramentas didáticas.


De Mato Seco nos teletransportamos para o espaço da Janjii Rugani, "Made in Sampa.br Project" e "Snapshot Club". Lá pudemos apreciar  diversos ambientes que compõem um verdadeiro espaço cultural interativo, repleto de obras de arte da própria Janjii, ou melhor de seu "avatar" na first life, Isa Seppi, as quais podemos adquirir, com um simples clique, e levar para admirá-las em nosso próprio espaço.  A Janjii chegou ao SL sem conhecer praticamente nada sobre esse ambiente, mas em pouco tempo aprendeu e construiu muita coisa interessante. Já fez mais de 10 exposições no SL e criou um espaço cultural e interativo que vale a pena frequentar (recomendo!). Lá ela consegue explorar realismo e surrealismo de uma maneira muito criativa (há até mesmo um espaço debaixo d'água).


Para finalizar essa confraternização nos dirigimos ao campo de futebol, no espaço da Janjii, e participamos de uma roda de samba !


Veja um clip desse encontro no Youtube e algumas fotos no Facebook de Romano Flow (meu avatar!).

Comentários

  1. Mais uma exploração para lá de bem sucedida e interessante no SL. Patota da pós em Design Instrucional Senac São Paulo e a moçada da Poli/USP, todos alunos e ex-alunos do Prof.º Romero Tori - uma simpatia, dispensa comentários. Como sempre, Aerdna Beaumont (Andrea Correa), mestranda em Design, deu uma aula sensacional. Que destreza! A prof.ª Isa Seppi, no espaço "Made in Sampa.br Project" nos brindou com uma experiência cinestésica inesquecível, uma "farra dos sentidos". Um amor! Nunca dançei tanto e tão bem no mundo real, como desta vez no virtual! E, valorizando uma colega que admiro bastante, Márcia Holland caprichou na simpatia, atenção e carinho para com os colegas - nossa próxima incursão será ao atelier dela! Estamos no aguardo, querida!

    ResponderExcluir
  2. Marco Antonio Arouca16 de maio de 2010 14:20

    Foi uma experiencia muito interessante !!!
    Que paciência e atenção tiveram as professoras em repetir para cada um as sequências das teclas... muito obrigado !
    Me fez pensar em nossos alunos da "First Life" que possivelmente se sentem assim ao usar os equipamentos de laboratório ...ou um simulador atualizado.
    Quem em sua área acompanha a evolução não percebe o quanto a tecnologia evolui rapidamente e aumenta as configurações,telas e opções em todos os equipamentos que estamos usando. Somos aprendizes permanentes.

    Coloquei os endereços do blog e o video no Forun do grupo da FEI chamado GENTE (Grupo de Estudos de Novas Tecnologias)para os colegas.

    Em meu blog estão algumas das fotos que tirei.
    http://marcopcs5757.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. foi bem divertido.
    A interface em linux ajudou bastante no meu caso em particular.
    Ajudou a derrubar um pouco meus preconceitos com o SL.
    Vou postar as fotos que tirei.

    ResponderExcluir
  4. Romero, mais uma vez, parabéns pela iniciativa.

    Na postagem que acabei de fazer em meu blog, reuni algumas impressões sobre a aplicabilidade do SL, bem como recursos simples que permitiriam tornar o próximo encontro no SL ainda melhor. Sugeri inclusive que tivéssemos uma sala "física" no SL para reunir os materiais de aula.

    Veja texto completo em:
    http://cileneweb.blogspot.com/2010/05/2o-encontro-vencendo-barreira-do-novo.html

    ResponderExcluir
  5. Mais uma experiência importante no Second Life, desta vez eu notei algo importante: na vida real somente faz sentido ir a algum lugar onde nos sentimos bem, quando vamos a algum lugar onde não interagimos com as pessoas ou este lugar não é interessante para nós, não queremos voltar. Nesta última aula no Second Life notei que isto ocorre também no mundo virtual, já havia utilizado o SL várias vezes, mas apenas com o propósito de conhecê-lo tecnicamente, o curioso é que não sentia vontade de voltar. Por outro lado as aulas são ricas de interação e as pessoas que estão interessados em acolher bem os alunos, o resultado é que dá vontade de voltar, pois gerou interesse exatamente como ocorre no mundo real. Muito obrigado pela experiência: Romero (Romano Flow), Andrea(Aerdna Beaumont) e Isa (Janjii Rugani).

    ResponderExcluir

Postar um comentário